IQ (1970-2020)

Autores: Aparecida Domenice Silva , Leila Cardoso Teruya , Mauro Bertotti , Viktoria Klara Lakatos Osorio

Última atualização: 15/06/2021

 

O curso de Química, vinculado à Faculdade de Filosofia, Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) até 1969, passou a ser ministrado pelo Instituto de Química da USP em 1970. Foram então expedidos os primeiros diplomas de Química pelo IQ, nos cursos de Licenciatura e de Bacharelado.

A Licenciatura forma profissionais com conhecimentos em Química e Educação, aptos a trabalhar principalmente como professores de Química no Ensino Médio e com outras atividades relacionadas ao ensino dessa disciplina.

O Bacharelado, por sua vez, forma profissionais de caráter generalista, aptos a atuar na área de pesquisa acadêmica ou no setor produtivo, em campos que necessitam de profissionais com conhecimentos amplos em Química. Cursando disciplinas específicas, o aluno do Bacharelado pode direcionar sua formação e especializar-se em determinadas áreas.

A modalidade mais antiga do Bacharelado é o “Bacharelado em Química com Ênfase em Química Tecnológica”, obtida com as disciplinas de cunho tecnológico oferecidas pela Escola Politécnica. Ela existe desde 1947 e forma o “Químico Industrial”, como se convencionou chamar os Químicos formados com essa atribuição.

Em 1993, foi criado o “Bacharelado em Química com Ênfase em Biotecnologia”, outra modalidade do Bacharelado, com especialização em técnicas, procedimentos e processos do setor biotecnológicos; capaz de atuar em indústrias ou laboratórios de bioquímica e biotecnologia, desenvolvendo e aprimorando processos e metodologias de produção e análise de insumos biotecnológicos.

Em 2003, o IQ implantou o curso de Química no período noturno, antes oferecido somente no período integral. No período noturno, os cursos criados foram o de Licenciatura e o de Bacharelado em Química Ambiental. Esta última representa, atualmente, mais uma modalidade do Bacharelado, que é o “Bacharelado em Química com Ênfase em Química Ambiental”.

Em 2008, foi introduzida a modalidade mais recente, o “Bacharelado em Química com Ênfase em Bioquímica e Biologia Molecular”. Atualmente, estas áreas constituem linguagem e alicerce comuns de muitas áreas do conhecimento e ferramentas imprescindíveis para solução de diversos desafios tecnológicos. Também se reconhece que o currículo básico de Química é, na universidade brasileira, o mais adequado para formação de um bioquímico com sólidas bases teóricas e experimentais em ciências moleculares para compreender, agir e resolver problemas de natureza biológica e ambiental.

Atendendo a demandas diversas, o curso de Química já passou por inúmeras reestruturações ao longo do tempo, com modificações em seu currículo, formas de ingresso, nomenclatura dos cursos, entre outras.

No cenário mais atual, configurado em 2014, o IQ oferece a carreira de “Bacharelado e Licenciatura em Química”.

Para fins de ingressos no Instituto, via processo seletivo, ela compreende dois cursos distintos:

(i) Bacharelado e Licenciatura em Química – Integral.

(ii) Bacharelado e Licenciatura em Química – Noturno.

Eles se diferenciam apenas pelo período em que são oferecidos, pois ambos são equivalentes para fins de formação. A Licenciatura e o Bacharelado em Química, assim como as especializações do mesmo (Ênfase em Química Tecnológica, Ênfase em Biotecnologia, Ênfase em Química Ambiental, Ênfase em Bioquímica e Biologia Molecular), são consideradas modalidades do curso, as quais se distinguem pelo conjunto de disciplinas cursadas.

São emitidos dois diplomas diferentes, o de “Bacharel em Química” e/ou o de “Licenciado em Química”. As “Ênfases do Bacharelado”, quando cursadas, são certificadas por meio de documento emitido à parte.

Na planilha a seguir, são apresentados os graduados pelo IQ de 1970 a 2020, nos cursos integral e noturno. Nas colunas B a G, são listadas as modalidades que cada aluno cursou, com a respectiva data (semestre/ano) de conclusão.

Fontes consultadas:

Explicações mais detalhadas sobre os cursos oferecidos, tais como descrição dos cursos, perfil do egresso, estrutura curricular, carga horária, filosofia e metodologia de ensino, podem ser encontradas no documento digital de 75 páginas intitulado “Projeto pedagógico dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Química – Integral e Noturno”, de 2019, que pode ser acessado na página eletrônica do [Instituto de Química] e está disponível para [download].

Sobre os alunos graduados: Dados fornecidos pela Seção de Graduação do Instituto de Química da USP, em junho de 2021.