Centro de Memória

A Instituição

Jubileu de Ouro

Acervo

Galeria de Mídias

Saiba mais

Acervo Senise - Atuação profissional

Imagens relacionadas à atuação profissional de Paschoal Senise como docente, pesquisador e gestor, dentro e fora da Universidade de São Paulo.

PORTAL LABIQ

1938. Recibo de pagamento de taxa para registro de Químico e obtenção da Carteira Profissional.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1945. Diploma de Titular efetivo da Sociedade de Farmácia e Química de São Paulo.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1947. Alunos do quarto ano do curso de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP com o instrutor Paschoal Senise, no pátio do palacete da Alameda Glette.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1948. Curso de Férias para professores secundários. Na primeira fila, a partir da esquerda, Heinrich Rheinboldt, Madeleine Perrier e Paschoal Senise.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1950. Paschoal Senise ajustando um termostato para experimentos com temperatura controlada, no laboratório de pesquisa do Departamento de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, na Alameda Glette.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1957. Certificado concedido a Paschoal Senise pelo Conselho Federal de Química. Outros certificados atestam a participação de Paschoal Senise no CFQ até 1971.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1958 ou 1959. Escritório no terceiro pavimento do prédio da Química na Alameda Glette. Paschoal Senise assumiu a regência da Cadeira de Química Analítica em 1956, após o falecimento de Heinrich Rheinboldt.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1960. Diploma de membro titular da Academia Brasileira de Ciências.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1962. Paschoal Senise apresentando trabalho no 8° Congresso Latinoamericano de Química, em Buenos Aires, Argentina.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1967. Passaporte especial concedido a Paschoal Senise para que ele representasse o Governo Brasileiro na “Missão de Viabilidade” da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), relativa à criação do Centro para a Aplicação da Ciência e da Tecnologia ao Desenvolvimento da América Latina (CECTAL).

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1968. Carteira de Identidade funcional como Conselheiro do CNPq.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1969. Diploma de participação no programa "CNPq-NAS Program of Postgraduate Research and Teaching in Chemistry in Brazil" de 1969 a 1976.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1974. Mesa diretora na instalação do Simpósio Internacional de Macromoléculas, no Rio de Janeiro.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1975. Certificado de participação no III Simpósio Nacional de Pós-Graduação nas Áreas Biomédicas.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1976. Certificado de sócio da ABQ Seção Regional de São Paulo.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1976. Fotografia com as bandeiras da Alemanha e do Brasil, países que sediaram, respectivamente, as edições XVII e XVIII da Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, tirada durante o evento em Hamburgo, Alemanha.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1977. Abertura da XVIII Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, realizada em São Paulo, SP.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1978. Mesa diretora em solenidade da XIX Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, realizada em Praga. O primeiro à esquerda é Stanley Kirschner, professor da Wayne State University, Detroit, e secretário permanente das Conferências Internacionais de Química de Coordenação.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1979. Confraternização durante a XX Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, realizada na India.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1982. Fotografia tirada durante a XXII Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, realizada em Budapest.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1984. Mesa diretora da sessão de abertura do Simpósio Rheinboldt-Hauptmann, coordenado por Paschoal Senise e realizado no Instituto de Química, em homenagem ao cinquentenário da USP.

(Créditos: Henrique Eisi Toma)

1987. Solenidade de outorga do título de Professor Emérito a Paschoal Senise, no gabinete do Reitor da USP, Prof. Dr. José Goldemberg.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1989. Paschoal Senise e Antonio Celso Spínola Costa, durante solenidade do V Encontro Nacional de Química Analítica, realizado em Salvador, Bahia.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1991. Pronunciamento de Paschoal Senise, sob o título "Rheinboldt, o pioneiro", na sessão inaugural do centenário de nascimento de Heinrich Rheinboldt, evento coordenado por Senise.

(Arquivo Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1996. Fotografia tirada por ocasião da XXXI Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, em Vancouver, Canadá.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

1997. Fotografia tirada durante a XXXII Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, em Santiago, no Chile.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

2000. Fotografia tirada durante a XXXIV Conferência Internacional de Química de Coordenação, ICCC, realizada em Edimburgo, Escócia.

(Acervo pessoal de Paschoal Senise, Centro de Memória do IQ-USP)

2011. Livro de presença dos Seminários de Pós-Graduação em Química Analítica com o registro de 17/06/2011, o último com a participação de Paschoal Senise, que se incumbia de redigir de próprio punho o título do seminário e o nome do aluno e era o primeiro a assinar a presença. Paschoal Senise começou a coordenar estes seminários em 1988.

(Acervo da Área de Química Analítica do IQ-USP)

Auto-play - ligado

Fale Conosco




Todos os campos são obrigatórios.


Enviando...

Fechar formulário